O Uso da Madeira na Construção Civel

12/04/2017 | M. Raquel Sangaletti

O Uso da Madeira na Construção Civel

O uso da madeira como constituinte principal da estrutura de edificações tem se mostrado vantajosa principalmente devido a durabilidade, segurança, manutenção e  economia de energia.

A madeira é um dos materiais mais antigos a ser utilizado em construções, mas após a Revolução Industrial foi desprezada para o estudo de novos materiais como o aço e o concreto. Apesar da tecnologia apresentada por esses materiais, a madeira ainda supera pelos seus benefícios apresentados.

Antes de tudo, para adquirir o material de forma consciente, é preciso estar atento aos fornecedores e escolher as espécies ideais para cada tipo de construção, afim de obter menor impacto ambiental.

E atenção! Não confunda madeira certificada e madeira legal. A madeira legalizada é extraída conforme as exigências da legislação de exploração, a madeira certificada também segue as exigências das leis e considera outros aspectos ambientais, sociais, econômicos e sustentáveis.

As vantagens do uso da madeira na construção são muitos, por exemplo:

- Alta Resistência: Foi o primeiro material capaz de resistir tanto a esforços de compressão como de tração. Tem uma baixa massa volumétrica e resistência mecânica elevada. Pode apresentar a mesma resistência a compressão que o concreto e dez vezes mais resistência a flexão, além da resistência ao corte. Não se desfaz quando submetida a choques bruscos que podem provocar danos.
Além disso, os arqueólogos costumam encontrar peças antigas ainda existentes em madeira tais como: sarcófagos, embarcações, esculturas, utensílios domésticos, armas, instrumentos musicais, elementos de construções, etc. Em Kyoto no Japão podemos encontrar templos milenares construídos com estrutura de madeira.

- Manutenção: Trata-se de uma matéria-prima muito versátil que pode ser usada de forma variada de acordo com o tipo de aplicação pretendida, além de permitir ligações e emendas fáceis de executar.

- Isolante Término e Acústico: A madeira é um isolante natural, tanto térmico como acústico. As boas condições naturais de isolamento permite a economia de energia em aparelhos de climatização de ambiente.

- Segurança: Ao contrário do metal, do concreto e do ferro, que deformam-se quando elevados a altas temperaturas, perdendo sua função estrutural, a madeira tem uma resistência maior ao fogo.

“Num incêndio, as temperaturas atingem mais do que 1000°C. No entanto, o aço, a 500°C, já perdeu 80% de sua resistência, enquanto que o concreto começa a perder resistência a partir dos 80°C. A madeira, submetida a um severo incêndio, teve sua seção reduzida, mas não a ponto de eliminar sua capacidade de suportar seu próprio peso e o peso extra das barras de aço”. (PINTO, Edna Moura. 2007)

Em falar em fogo, vamos explicar as desvantagens que difamam a madeira até hoje:

- Combustível: O maior preconceito em se usar madeira na construção é por conta dos acidentes de incêndio registrados no início de sua história. A boa notícia é que, recentemente, a empresa Montana Química lançou o produto “Osmoguard FR100”, que tem a função de retardar o efeito da chama e a produção de fumaça.

- Vulnerabilidade: É bastante vulnerável aos agentes externos, como cupins e insetos. Toda a madeira exposta deve ser protegida com verniz ou stain. A diferença entre eles é que o primeiro forma camadas na superfície da madeira, já o stain penetra sem formar película. Além disso é necessário realizar um tratamento químico no solo entorno da obra, afim de evitar organismos xilófagos.

- Variabilidade: O fato de a madeira ser o resultado do crescimento de um ser vivo implica em variações das suas características e dimensões. Se não estiver bem tratada, a madeira age como uma esponja absorvendo toda a umidade, o que causa a dilatação.

No entanto, a falta de conhecimento das propriedades e o uso inadequado da madeira são as maiores causas de desempenho insatisfatório. A madeira pode ser usada na construção civil tanto de forma temporária como definitiva: de forma temporária na instalação de canteiro de obras, nos andaimes, nos escoramentos e nas formas. De forma definitiva é utilizada nas esquadrias, nas estruturas de cobertura, nos forros e nos pisos.

A madeira pode ser utilizada na construção de diversas maneiras, tais como:

Pesada Interna: São peças de madeira serradas ou painel laminado colado que são usados como vigas, caibros, pranchas e tábuas utilizados em estruturas de telhado;

Leve Externa e Interna Estrutural: São as tábuas e pontaletes usados temporariamente nas construções, como andaimes, escoramentos e formas para concreto;

Interna Decorativa: Usufrui da diversidade de cores e texturas da madeira, são usadas como forros, painéis, lambris e guarnições;

Leve em Esquadrias: Referente a portas, venezianas, caixilhos e molduras;

Assoalhos Domésticos: Produtos de madeira sólida e produtos trabalhados para utilização própria em pisos (assoalhos, tacos, tacões e parquetes).

Madeira na construção civil

Com as inúmeras vantagens apresentadas na utilização de madeira na construção civil, esperamos ter contribuído com mais um pouco de conteúdo rico para você. Até a próxima!

M. Raquel Sangaletti
Reform