Reforma & Construção: Planejamento, A Economia Inteligente

16/02/2017 | Danilo Flausino

Reforma & Construção: Planejamento, A Economia Inteligente

Se tratando de reforma e construção, quanto menos gastos tiver melhor. Certo? Nem sempre se tem o dinheiro todo para fazer o que deseja e muitas vezes é preciso até fazer um financiamento, e mesmo assim o orçamento é apertado.

Ouvimos com frequência aquele famoso ditado que o barato pode sair caro. E realmente sabemos que é verdade esta situação, porém é possível ter um resultado excelente com custos reduzidos. Como? Simples! Planejando. Com um bom planejamento feito desde o início da obra, o controle é maior e o emprego do investimento é mais inteligente. É uma ação fundamental para um gerenciamento eficiente da obra.

O gerenciamento da obra possui algumas etapas que abordam o orçamento detalhado, o planejamento, a gestão e contratação de profissionais e materiais e o controle de tudo que acontece dentro do canteiro de obras. Mesmo não sendo uma responsabilidade do proprietário, entender o funcionamento de cada etapa é importante para evitar dores de cabeça.

Evitando dor de cabeça

Uma das etapas do planejamento que tem uma grande importância para o resultado esperado é o cronograma físico-financeiro. A partir dele é possível analisar toda situação de obra traçando objetivos e verificando possibilidades do desenvolvimento de cada etapa da obra. Esta ação estabelece uma visão sobre o melhor caminho a ser seguido para obter os resultados esperados. Estes resultados são a melhor utilização de todos os recursos do empreendimento: físicos, financeiros e humanos.

Mas o que é exatamente um cronograma físico-financeiro? O cronograma físico-financeiro tem este nome porque ele junta o planejamento dos custos de acordo com a etapa construída da obra, verificando quanto foi gasto do orçamento em cada uma.

Cronograma físico-financeiro

Então você pergunta: Onde então não devo economizar? Essa resposta já premeditamos anteriormente: no planejamento. Quer saber mais sobre este tema tão rico e relevante e que é pouco praticado nos canteiros de obra? Fique de olho nos próximos posts.

Para qualquer execução é indispensável contratar profissionais que saibam trabalhar em equipe respeitando o espaço um do outro. Construtor, engenheiro e arquiteto são peças importantes com competências e tarefas diferentes que se complementam, e trabalhando em sintonia, é sem dúvidas o tripé de sucesso de qualquer obra.

Tripé de sucesso de qualquer obra: Construtor, Engenheiro e Arquiteto

E lembre-se sempre: Um bom planejamento é sempre necessário. Até a próxima!

Danilo Flausino
Reform